PF faz buscas na casa do ex-governador Jaques Wagner em investigação sobre superfaturamento na Arena Fonte Nova

5936b54f3cb30A Operação Cartão Vermelho, ação da Polícia Federal que investiga irregularidades relativas a gestão da Arena Fonte Nova, fez mais uma vítima nesta segunda-feira. Jaques Wagner, secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia e ex-governador do estado, teve seu apartamento, localizado no Corredor da Vitória, bairro nobre de Salvador, investigado.

A Polícia Federal fez uma busca em seu apartamento nesta manhã, por volta das 08h25 e deixaram o condomínio Victória Tower com uma mochila e um malote. Pablo Domingues, advogado de Wagner, estava no local e disse, à reportagem da TV Bahia, que ficou surpreendido com a operação e que está apurando a situação. A PF já cumpriu sete mandados de busca e apreensão.

A obra do estádio, de acordo com laudo da Polícia Federal, teve mais de R$ 450 milhões superfaturados. A maior parte desse dinheiro foi desviado para pagamento de propinas e financiamento de campanhas eleitorais. Em 2016, o Pleno de Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) já havia considerado ilegal o contrato estabelecido para a reconstrução do estádio, alegando gastos excedentes nos custos das obras.

A Operação Cartão Vermelho investiga irregularidades na contratação dos serviços de demolição, administração e reconstrução da Arena Fonte Nova. A investigação aponta fraude em licitação, superfaturamento, desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro. Além de parcerias feitas para beneficiar o consórcio Fonte Nova Participações (FNP), que tem em seu núcleo formador as empresas Odebrecht e OAS. Ambas envolvidas em escândalos de corrupção.jaqueswagner

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região tem expedidos mandados que tem como objetivo viabilizar a localização e apreensão de provas relativas a pagamento de propina, desvio nas contratações públicas e lavagem de dinheiro. Os mandados são destinados a empresas, órgãos públicos e endereços residenciais, como no caso de Jaques Wagner.

A Arena Fonte Nova foi reinaugurada no dia 7 de abril de 2013, após reconstrução para a Copa do Mundo. Em 2010, foi implodida depois de ficar interditada por três anos, após a tragédia, em 2007, que matou sete torcedores, quando parte da arquibancada desabou durante jogo entre Bahia e Vila Nova, pela série C do Campeonato Brasileiro.

Share