Ceto apreende drogas nos “Predinhos” em Itaberaba

WhatsApp Image 2017-11-15 at 7.58.37 AMPor volta das 00:40 a polícia foi informada que havia um sujeito de prenome Diego, Vulgo Buiu realizando tráfico de drogas no Conjunto Vida Nova Itaberaba especificamente no Bloco 50 AP. 103 e 104, foi deslocada a viatura até o local mencionado e  no AP. 103 ao contato  com a senhora de prenome Claudia,  a mesma  relatou que havia drogas em sua residência em um dos quartos. Foi realizada a averiguação  e lá encontrada uma mala contendo inúmeros tipos de drogas e duas balanças de precisão. Claudia afirmou que o dono das drogas e balanças é Buiu. Dando continuidade na diligência a polícia se deslocou  até o AP. 104, neste, foi encontrado  as senhoras de prenome Aiane e Luana, que durante o contato Aiane relatou ser companheira de Buiu, e que no guarda roupa havia munições; celulares de propriedade de Buiu, já Luana  informou que em seu quarto havia material e numerários de controle de vendas das drogas de Buiu, com permissão de ambas foi realizada a verificação e encontrado todo material em questão.As jovens foram conduzidas  a CPI para que fosse tomada as medidas preconizadas em Lei. WhatsApp Image 2017-11-15 at 7.58.39 AM

No entanto, no momento da apresentação das mencionadas o Advogado do indivíduo de prenome DIEGO DO CARMO DE SOUZA, VULGO BUIU, informou que o mesmo iria se apresentar assumindo todo o material apreendido, o que aconteceu.

Os procedimentos policiais foram realizados na Delegacia Territorial de Itaberaba

MATERIAL APREENDIDO NOS DOIS APARTAMENTOS:
☑ Aproximadamente 136 gramas de substância análoga à maconha na forma prensada.

☑ Aproximadamente 164 gramas de substância análoga à maconha na forma natural.

☑ Aproximadamente 94 gramas de substância que aparentava ser Crak.

☑Aproximadamente 196 gramas de substância análoga à cocaína em 36 grandes trouxas.

☑ 2 balanças de precisão.

☑ 4 munições de Cal. 38 Intactas.

☑ 2 aparelhos celulares.

☑ 1 caderno com anotações que especificava : NOMES; VALORES; BAIRROS DA CIDADE e outras informações de um suposto controle de vendas das drogas.

☑ R$ 682,00 ( Seiscentos e oitenta e dois reais ) em espécie.

Share