Denúncia contra Temer: 15 baianos querem investigação e seis são contrários

denuncia-contra-temer-deve-trazer-crimes-de-obstrucao-de-justica-corrupcA três dias da votação da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) no plenário da Câmara dos Deputados, 15 deputados federais baianos, de um total de 39, já declararam que são a favor da continuidade da investigação do peemedebista por corrupção passiva.

Uma enquete feita pelo jornal O Estado de S. Paulo mostra que seis parlamentares baianos estão a favor do presidente e vão votar para que Temer não seja investigado. Outros 14 ficaram em cima do muro e preferiram não declarar o voto. Quatro afirmaram que estão indecisos.

Confira como devem votar os baianos na denúncia, conforme levantamento do diário paulista:

A favor da investigação: Afonso Florence (PT), Alice Portugal (PCdoB), Bacelar (Podemos), Bebeto (PSB), Caetano (PT), Daniel Almeida (PCdoB), Davidson Magalhães (PCdoB), Félix Mendonça Júnior (PDT), Jorge Solla (PT), Jutahy Junior (PSDB), Nelson Pelegrino (PT), Robinson Almeida (PT), Uldurico Junior (PV), Valmir Assunção (PV) e Waldenor Pereira (PT).

São contra a continuidade da denúncia: Arthur Oliveira Maia (PPS), Cacá Leão (PP), José Carlos Aleluia (DEM), José Rocha (PR), Lucio Vieira Lima (PMDB) e Paulo Magalhães (PSD).

Não quiseram declarar o voto: Antonio Brito (PSD), Benito Gama (PTB), Elmar Nascimento (DEM), Erivelton Santana (PEN), Irmão Lazaro (PSC), João Carlos Bacelar (PR), João Gualberto (PSDB), José Nunes (PSD), Márcio Marinho (PRB), Marcos Medrado (Podemos), Mário Negromonte Jr. (PP), Pastor Luciano Braga (PRB), Paulo Azi (DEM) e Sérgio Brito (PSD).

Estão indecisos: Claudio Cajado (DEM), José Carlos Araújo (PR), Roberto Britto (PP) e Ronaldo Carletto (PP).

Por Redação BNews

Share