Incêndio no Parque Nacional Boqueirão da Onça atinge área equivalente a mais de 3.500 campos de futebol

fogo-prevfogo-ibamaincêndio que destrói a vegetação do Parque Nacional Boqueirão da Onça, área de preservação ambiental no município de Sento Sé, na região norte da Bahia, já atinge área equivalente a mais de 3.500 campos de futebol.

De acordo com a Coordenação Prevfogo do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), quando o incêncio começou a área atingida chegava a 550 hectares.

O parque é considerado refúgio para as últimas populações de onças-pintadas do país. A força tarefa que atua no combate às chamas do local conta com quatro aviões que lançam água e 70 brigadistas na terra.

Neste domingo (9), nono dia do incidente, devem chegar brigadistas do Rio de Janeiro para ajudarem no combate às chamas.

O Parque Nacional Boqueirão da Onça foi criado em abril. Lá existe uma área nativa da vegetação caatinga que é preservada. A unidade de conservação de proteção integral tem 349 mil hectares, e abrange os municípios de Sento Sé, Campo Formoso, Sobradinho, Juazeiro e Umburanas.

Foram 16 anos de espera para a criação do parque. O lugar abriga uma rica biodiversidade animal e vegetal. O instituto ainda não sabe a proporção dos danos ambientais, mas é grande o prejuízo, principalmente com a queima da vegetação nativa.

Share