Pai mata filho de três anos e depois se mata no interior de Sergipe

110813Um pai matou o próprio filho de 3 anos de idade e depois tentou suicídio na noite do último sábado, 10, no município de Ilha das Flores estado de Sergipe. Segundo os primeiros levantamentos da polícia, Josualdo Ramos da Silva, 27 anos, teria desferido golpes de arma branca em seu próprio filho Gustavo Ferreira da Silva, 3 anos, e depois teria tentado suicídio.

De acordo com informações dos policiais militares que atenderam a ocorrência, ao chegarem, encontraram a criança no sofá e o pai caído no quintal. Segundo os familiares, a criança estava dormindo no sofá da sala e as tias em um outro comodo, quando o pai da criança chegou da rua e desferiu um golpe de faca no peito da criança. Populares disseram a polícia que ele tinha bebido”.

Até o momento, nem os familiares nem a polícia sabem o que teria motivado o pai a matar o garoto e depois ter cometido o suicídio. “Os familiares disseram que após a criança ter sido esfaqueada, eles ainda tentaram tirar a faca da mão do pai do garoto, mas não conseguiram e depois ele começou a se cortar nos pulsos, garganta e na barriga. Até agora ninguém sabe ao certo o que aconteceu e um clima de revolta toma conta da cidade”.

Segundo a polícia, o menino morreu ainda dentro de casa e Josualdo Ramos da Silva foi socorrido as pressas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital de Neópolis, mas veio a falecer.

IML

1110813Na manhã deste domingo, 11, Dia dos Pais, familiares das vítimas estiveram no Instituto Médico Legal (IML) na tentativa de liberar os corpos do pai e filho. De acordo com o Policial Militar Aldo Ramos, irmão de Josualdo, os familiares estão em estado de choque. “Eu moro aqui em Aracaju e por volta das 23h30 um vizinho me ligou dizendo que tinha acontecido uma tragédia e que meu irmão tinha matado meu sobrinho. Segundo informações de populares, meu irmão teria bebido no momento que matou o filho”, conta o policial.

Segundo os próprios familiares, a mãe da criança reside com um outro companheiro e deixou o filho aos cuidados do pai.

A partir da próxima semana, a polícia dará início as investigações que ficarão a cargo da Delegacia de Ilha das Flores.

Share